domingo, 22 de maio de 2011

Entrevista com Jorge Bischoff

Com mais de seiscentos e cinquenta pontos de venda ao redor do mundo, o designer Jorge Bischoff, que nasceu na cidade de Igrejinha, no Rio Grande do Sul, inaugurou sua vigésima franquia no Brasil nesta última quarta-feira.

O blog foi conferir de pertinho a sua última coleção e aproveitamos para fazer um bate papo com o designer. De pronto, gostaria de deixar registrada a minha admiração pelo profissional Jorge Bischoff, que atendeu à todos os presentes com uma enorme simpatia.

SS -Como é o processo de criação?
JB-A criação é o jeito mais natural de se viver, meu trabalho é minha vida, é minha curtição, é isso que eu acho fantástico e dessa forma, a criação passa a ser natural, especialmente por toda a estrutura que nós temos para fazer a construção das nossas coleções.

SS-Quais foram as inspirações para a última coleção?
JB- Desenvolvendo materiais como couro, solados, metais, acabam surgindo as idéias para as coleções, lógico que pautado nas tendências mundiais. No inverno atual, os militares com muitos cadarços, bolsos, estampas camufladas são referência e o importante é saber envolver isso dentro do teu contexto, jogando o teu bom gosto, o que a tua marca precisa e representa, ele tem que contar a história da marca Jorge Bischoff, que é glamour, sofisticação, que tem valor agregado.

SS-Qual conselho você daria para quem está iniciando nesse mercado?
JB-Não tente ser diferente demais, o grande segredo é ter uma história, é construir uma história, as pessoas saberem qual é o teu estilo, no dia que você tiver um estilo reconhecido pelo consumidor, tu passou a ter uma marca. Se todo dia tu quiser descobrir um ovo de Colombo, quiser fazer uma revolução, tu acaba não chegando a lugar nenhum, esse é o grande detalhe. O designer hoje é um mercado extremamente responsável, não pode mais ser visto como era no passado, que para ser designer tinha que ser maluco ou ter cabelo verde, não é isso. Hoje designer é coisa muito séria, muito comprometida porque envolve muitas pessoas, é business, é a moeda do mundo, é o que mobiliza o mundo e a responsabilidade disso é muito grande.


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigada por deixar seu comentário, todas as perguntas e comentários serão respondidos através do próprio post!!! ;)